Professor Bruno Marques

Uma dúvida comum entre os candidatos em concurso público: é necessário colocar título na redação/discursiva para concurso público? É obrigatório ou opcional?

Os alunos me perguntam muito se precisa colocar título na redação ou na prova discursiva em concurso público.

Existem três regras relacionadas ao título em redação e em provas discursivas para concurso:

1º) situações em que não precisa colocar o título;

2º) situações em que pode colocar o título, ou seja, é facultativo você colocar o título;

3º) situações em que você deve colocar o título, ou seja, é obrigatório o título.

Então vamos abordar cada uma das regras.

1º) situações em que não precisa colocar o título;

A regra geral é não colocar o título na redação ou prova discursiva de concurso público.

Isso se aplica as principais bancas para concurso público, tais como:

  • Cebraspe (Cespe);
  • Fundação Carlos Chagas (FCC);
  • Fundação Getúlio Vargas (FGV);
  • Iades;
  • Quadrix.

Nessas bancas você não precisa colocar o título. A prova da banca não possui espaço específico para isso.

O candidato que coloca o título as vezes só perde linhas, porque o título não irá fazer diferença nenhuma na redação dele.

2º) situações em que pode colocar o título, ou seja, é facultativo você colocar o título;

Tem alguns casos em que a inserção do título é facultativa.

Existem casos em que é facultativo ao candidato inserir o título na redação.

E quais seriam esses casos?!

Pois bem, vamos trazer alguns exemplos:

Fundatec

Veja que ela trás no espelho de correção o espaço próprio para que o candidato insira o título.

Então nesses casos, o candidato tem que inserir o título.

De que forma? Centralizado e não precisa de ponto final.

E deve ocupar no máximo uma linha, que é o espaço que a banca designou para inserir o título.

NUCEPE

O mesmo ocorre na banca NUCEPE, que também aplica provas para concursos públicos.

Veja que ela também disponibiliza um espaço específico na folha de resposta do candidato para inserir o título da redação.

PM/MG

Veja a prova de redação aplicada pela Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM/MG), que aplica a prova do concurso do órgão.

A banca, além do título, ela trouxe um espaço para inserir o tema.

Vunesp

Por exemplo, no edital da banca Vunesp, a banca diz o seguinte:

Assim, ela coloca que o candidato que apresentar 7 (sete) linhas ou menos (sem contar o título).

Então, ela já considera que pode colocar o título na redação.

Porém, no outro inciso do edital ela diz que a nota do critério que avalia o tema só será atribuída a partir do que estiver escrito no corpo do texto.

Portanto, qualquer elemento relacionado ao tema que esteja presente apenas no título não será considerado.

Ou seja, ela diz que pode inserir o título. Porém, não será para correção da sua prova discursiva. Então os argumentos ali do título não serão considerados.

Logo, melhor não inserir o título, para você não utilizar espaço que não será avaliado em sua redação, ou seja, não vai servir para nada.

3º) situações em que você deve colocar o título, ou seja, é obrigatório o título.

Por fim, existem casos em que é obrigatório inserir o título na redação.

Por exemplo, o concurso da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina (PM/SC).

O edital trouxe o seguinte: A redação que não apresentar o texto dissertativo com no mínimo 20 (vinte) linhas, e, no máximo 30 (trinta) linhas, e/ou que não possuir título, será excluída do processo de correção, sendo o candidato eliminado do concurso.

Então nesse caso, se o candidato não inserir título, ele terá nota zero e será eliminado do concurso público.

Logo, nessa situação, você obrigatoriamente deve inserir o título na redação do concurso.

Como proceder então, já que tem vários casos?

A regra fundamental, essencial, para qualquer concurso público é leia o edital!

Se o edital não trouxer nenhuma informação a respeito do título na redação, você não precisa inserir o título.

Agora, se tiver, assim como aconteceu no concurso da PM/SC, um critério específico exigindo o título na redação de forma obrigatório, você tem que colocar.

Então a regra está no edital!

Leia o edital e verifique se há alguma consideração a respeito do título.

Se não tiver, não precisa colocar título.

Ok?!

Veja a explicação em vídeo também:

Conheça a Academia de Discursivas e aprenda de vez a elaborar uma redação ou uma discursiva para concurso público:

Abraço

Prof. Bruno Marques

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *