Compartilhe

Vamos analisar a prova discursiva do concurso da Codevasf, para o área de Administração, e verificar as possibilidades de recurso na prova discursiva.

1 – O QUE É O RECURSO CONTRA A PROVA DISCURSIVA?

O Recurso contra o resultado da discursiva do concurso da Codevasf (Cebraspe) é uma fase em que o candidato tem a oportunidade de ganhar nota e melhorar a classificação.

O interessante é que na fase de recurso da discursiva o ganho de nota costuma alterar significativamente a classificação no concurso e no caso da Codevasf não será diferente.

Não foram poucas as vezes em que vi pessoas serem convocadas graças às posições que ganharam depois do deferimento de seus recursos na discursiva.

Além disso, na prova discursiva, só ganha ponto quem entra com recurso, diferentemente do que ocorre no prova objetiva.

O Cebraspe disponibilizará o espelho de correção e a prova discursiva escaneada para que o candidato possa analisar e elaborar um belo recurso contra o resultado da prova discursiva com argumentos plausíveis que farão com que a sua nota seja revista e majorada.

 2 AS BANCAS COSTUMAM MAJORAR AS NOTAS DAS DISCURSIVAS APÓS O RECURSO?

Pela nossa experiência em concursos públicos e recursos na prova discursiva, podemos afirmar que a banca Cebraspe é uma das que mais aceita recursos na prova discursiva.

Além disso, quando eles percebem que os examinadores pegaram muito pesado nas correções, há uma tendência a conceder pontos preciosos para aqueles candidatos que tentam o recurso nessa fase.

Em concursos em que há essa flexibilidade adivinha qual é o tipo de candidato que ganha posições?

Exato! Aquele candidato que propôs um recurso contra o resultado da prova discursiva.

Além disso, historicamente, não há nenhum caso em que a banca Cebraspe tenha reduzido a nota do candidato após o recurso na prova discursiva.

Os felizardos nunca se arrependem de terem tentado, apenas quem não tentou, que pode ver o concorrente conseguir o recurso e ganhar a sua vaga.

Por isso é tão importante tentar o recurso na prova discursiva da Condefasf, principalmente para área de administração.

A pior sensação que pode existir é aquela de frustação em ver que os concorrentes que arriscaram recurso subiram de nota e você não!

Acreditem: é péssimo!

 3 – COMO FICA A SITUAÇÃO DE QUEM NÃO TEM TOTAL SEGURANÇA EM FAZER UM RECURSO?

Como se trata de uma fase importante, é comum que os candidatos procurem professores que possuem experiência em redigir recursos para a discursiva da Condevasf, principalmente para o área de administração.

Essa é uma ótima opção, caso tenha recursos financeiros disponíveis.

É um investimento que tem valido muito a pena para os candidatos.

As justificativas para a contratação de um especialista são várias.

Em primeiro lugar, o professor tem acesso a várias provas do seu concurso.

Logo, poderá fazer uma análise mais profunda e entender como a banca está corrigindo as provas.

Em segundo lugar, o professor que é especialista na elaboração de recurso já tem prática nesse tipo de serviço e sabe como e quais os pontos que devem ser contestados.

Em terceiro lugar, com a experiência na elaboração de recursos, há mais possibilidades de o professor especialista destacar os pontos que não foram levados em consideração pelo examinador e trazê-los para uma nova rodada de discussão, com o objetivo de aumentar sua nota.

Por fim, um dos nossos valores é transparência com o aluno. Caso, a banca realmente tenha dado uma nota justa você não será prejudicado.

O especialista entrará em contato comentando sobre as reais possiblidades e vocês decidirão juntos se prosseguem ou não com o recurso.

Se for do entendimento que não é interessante prosseguir, você terá seu dinheiro reembolsado.

4 – POR ONDE EU COMEÇO PARA FAZER UM BOM RECURSO NA DISCURSIVA DA CODEVASF (Cebraspe) – ÁREA ADMINISTRAÇÃO?

Agora vamos comentar os itens da prova discursiva, para a área de administração, que podem conter brechas para que você aumente a sua nota no concurso da Codevasf (Cebraspe).

A banca Cebraspe perguntou assim:

Entre as atividades compreendidas na função de organização insere-se a tarefa de elaboração do desenho organizacional.

Considerando as decisões gerenciais relativas ao desenho organizacional, redija um texto dissertativo a respeito das opções técnicas e das ferramentas à disposição do gestor.

Em seu texto, aborde os seguintes aspectos relativos a algumas das principais definições do desenho organizacional:

  • o conceito de diferenciação organizacional [valor: 3,00 pontos],
  • suas modalidades [valor: 3,25 pontos]
  • e as realidades organizacionais às quais cada qual dessas modalidades melhor se aplica [valor: 3,25 pontos];
  • o conceito de formalização organizacional [valor: 4,75 pontos]
  • e os elementos organizacionais que ela impacta [valor: 4,75 pontos];
  • o conceito de grau de centralização organizacional [valor: 3,00 pontos],
  • suas modalidades [valor: 3,00 pontos]
  • e suas respectivas vantagens e desvantagens [valor: 3,50 pontos].

Perceba que a banca Cebraspe dividiu a pontuação em 8 diferentes aspectos!!!

E o que isso significa? Uma ótima oportunidade de questionar.

Você acredita que todo examinador ao analisar sua prova se deteve com mega atenção aos 8 pontos? Bem provável que não.

E é aí que você tem que acender o alerta amarelo quando receber o espelho de correção da sua prova discursiva.

Procure com consciência entender se ele identificou todas as respostas que você concedeu na prova discursiva.

É bem provável que sua nota na prova discursiva possa estar abaixo do esperado porque ele deixou passar algum dos 8 itens.

E aí é hora de entrar com o recurso na prova discursiva da Codevasf (Cebraspe). Não titubeie!

5 – QUAL A BRECHA ARGUMENTATIVA MAIS INTERESSANTE NO RECURSO DA DISCURSIVA DA CODEVASF (ÁREA ADMINISTRAÇÃO) PARA TER CERTEZA QUE GANHEREI MAIS PONTOS?

Basicamente, para ganhar uma boa nota na prova discursiva da Codevasf, área administração. você deve abordar tudo sobre o desenho organizacional.

Ele compreende quatro definições centrais consideradas definidoras da estrutura organizacional: diferenciação, formalização, centralização e integração.

Na prova da Codevasf, você precisou definir o conceito de diferenciação, formalização e centralização, ok?

Sim, exato. E o padrão resposta diz que o conceito máximo será dado para quem definiu de maneira clara cada um dos conceitos.

Quem definiu parcialmente ganha 50% da nota. Quem não definiu, nada ganhou nesses itens.

Atenção: aí está uma ótima oportunidade para questionar o que a banca considera como definição completa ou definição parcial.

Há diversos elementos que podem ser considerados nessa definição de acordo com os principais autores da Administração.

Se eu fosse você não deixaria de questionar a banca Cebraspe no recurso da discursiva da Codevasf, área administração, caso tenha tirado uma nota inferior a 100% na definição dos três conceitos.

Se liguem nessa preciosa dica! É uma das brechas mais interessantes para você majorar sua nota na prova discursiva Codevasf, área administração.

Espero que as dicas ajudem você nessa fase tão importante, que é o recurso contra o resultado da prova discursiva!

.

.

.

Eu e a equipe do Você Concursado estaremos à disposição para ajudá-lo nesta fase!

Caso tenha alguma dúvida não esclarecida, pode deixar um comentário que terei o maior prazer em responder.

Professor Bruno Pimentel

@prof.brunopimentel


Compartilhe
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *