Se você não mudar a estratégia de estudo da discursiva, pode acabar sendo reprovado!!!

É isso mesmo, com a mudança do modelo de redação da ESA de classificatório para eliminatório, manter a mesma estratégia de estudo pode custar a sua aprovação.

Então, ainda bem que você está lendo este artigo. Tenho certeza que após finalizar a leitura as suas chances de ser aprovado aumentarão significativamente.

Para que você entenda o motivo, vamos contextualizar o assunto.

A partir de 2021, a prova discursiva – redação – do concurso da Escola de Sargentos das Armas (ESA) passa de classificatória e eliminatória para apenas eliminatória.

O que parece uma simples alteração de edital é, na realidade, uma grande e significativa alteração que influencia diretamente na preparação do concurseiro que deseja ser admitido nos cursos de formação e graduação de sargentos.

Um dos questionamentos de concurseiros da carreira militar hoje é:

Devo continuar me preparando para a redação como antes ou devo deixar essa etapa um pouco de lado?

Sem suspense, sim, você DEVE continuar se preparando para a redação sem deixá-la de lado! Contudo, você NÃO DEVE se preparar da mesma forma que fazia antes quando a redação ainda era classificatória além de eliminatória. Entenda o porquê!

Ao se preparar para uma prova classificatória (sendo ou não também eliminatória), o que se pretende é alcançar a nota mais alta, já que essa nota pode (e te coloca) em uma posição privilegiada no resultado final do concurso, ou seja, a nota de uma redação classificatória pode te salvar, proporcionando a você uma colocação melhor no concurso, o que garante estar à frente dos seus concorrentes.

Logo, num contexto de redação classificatória, é importante dedicar mais tempo na resolução da questão. Ao se tratar de uma dissertação de 20 a 30 linhas, o ideal é se produzir o texto em até 1h10.

Agora, ao se referir a uma prova de redação que é apenas eliminatória, o seu objetivo não é a nota maior.

Neste caso, busca-se atingir a condição de apto, que acontece ao se alcançar a média que, na ESA, é 5,000 pontos. Então, pense comigo:

Não seria perda de tempo dedicar à redação, que é apenas eliminatória, cerca de 1h10, sendo que você só precisa atingir a média?

Sim, seria e será muito tempo perdido na realização da prova e é exatamente isso que irá acontecer se você seguir, em sua preparação, o mesmo ritmo e estratégia de estudo empregados ao estudar para uma redação classificatória (conforme era na ESA até 2020).

Isso se torna ainda mais tempo pedido agora que os candidatos da área geral possuem 50 questões objetivas para serem respondidas e os candidatos das áreas de saúde e música possuem 62 questões – lembre-se que o edital foi atualizado e que a quantidade de questões está maior!

Já entendeu a alteração que deve acontecer em sua preparação para a redação?

Hoje, para obter sucesso na ESA (bem como ocorre na EsPCEx há tempos), você deve priorizar a agilidade a fim de atingir a condição de apto de forma RÁPIDA e SEGURA. Isso significa que dedicar 1h10, às vezes até mais, do tempo que você dispõe em sua prova apenas na redação é perder, sim, muito tempo – ainda que sequer falamos do tempo dedicado nesse processo de preparação que também será perdido.

Além disso, é importante considerar que a ideia de “deixar de lado” a preparação para a redação eliminatória também é falha, uma vez que fazer uma redação de forma rápida, em 20 ou 30 minutos, mas sem estratégia e sem a SEGURANÇA de saber o que está fazendo, pode significar a sua eliminação por não conseguir o mínimo.

No final, das contas, ir para a prova sem uma preparação estratégica para a redação pode fazer você perder a oportunidade de ingressar no próximo ano em seu tão sonhado curso de formação e graduação de sargentos.

Por isso, em linhas gerais, você deve se preparar de forma ainda mais estratégica para a prova discursiva, priorizando estratégias que te levem a uma maior agilidade na hora de produzir o seu texto.

Só é importante se lembrar que a agilidade é positiva e útil quando tem origem em uma estratégia e isso só é conquistado por meio do estudo, de técnica e do desenvolvimento de habilidades.

Quer ter essa certeza e essa segurança?

Estude e pratique muito a redação (o máximo que puder), mas sempre com a técnica e estratégia!

Abraço

Prof. Thaysa Gonçalves

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *